Brasil é um dos países mais espionados pelos EUA, afirma Assange

Espionagem

O Brasil é um dos países da América Latina mais espionados pelos serviços de inteligência dos Estados Unidos, afirmou o fundador do Wikileaks, Julián Assange, em uma entrevista parcialmente difundida hoje.

A razão fundamental deste interesse é o tamanho da economia brasileira e um de seus principais motivos são as numerosas reservas de petróleo da denominada camada de pré-sal, disse Assange em diálogo com o escritor Fernando Morais, editor do blog Nocaute.

Anteriormente, Nocaute revelou outro fragmento da entrevista em que o fundador do Wikileaks sustentou que o presidente Michel Temer facilitou à missão diplomática dos Estados Unidos em Brasília informações estratégicas sobre o país, em troca de receber o apoio de Washington ao golpe jurídico-parlamentar contra Dilma Rousseff.

Michel Temer teve reuniões privadas na embaixada dos Estados Unidos nas quais proporcionou informações políticas a que muitos não tinham acesso, afirmou Assange, e esclareceu: ‘não digo que ele fosse um espião pago; falo de outra coisa: de trocar informação por apoio político’.

Prensa Latina

Compartilhe: