Chavismo conquista vitória retumbante nas eleições regionais da Venezuela

Venezuela

As forças revolucionárias venezuelanas obtiveram a vitória em 17 estados do país nas eleições regionais deste domingo, 15 de outubro, informou o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) em seu primeiro boletim, com 95,8% dos votos apurados e 61,14% de participação.

A coalizão dos partidos de oposição, denominada Mesa da Unidade Democrática (MUD), ficou com apenas cinco governos.

O chavismo ganhou também com os votos totais: 54% contra 46% da coalizão reacionária. As forças revolucionárias tiveram uma vitória estratégica também ao recuperar o estado de Miranda.

A presidenta do CNE, Tibisay Lucena, indicou que no caso do estado Bolívar os resultados ainda estão indefinidos.

Conselho Eleitoral anuncia resultados

Conselho Eleitoral anuncia resultados

Lucena também destacou o nível de participação e civismo dos cidadãos de todo o país, assim como a coordenação entre os Poderes do Estado e o funcionamento do sistema eleitoral para o desenvolvimento deste processo.

Ao se referir em coletiva de imprensa à alta participação nas eleições do domingo, a presidenta do CNE qualificou os venezuelanos como “dignos representantes deste país que está exercendo nossa soberania como deve ser: em paz, em tranquilidade e democracia através do voto. A todos os eleitores, felicitações”, comemorou.

Ao saber dos resultados, o presidente da República, Nicolás Maduro, destacou a vitória contundente da Revolução Bolivariana.

"O Chavismo triunfou, a Revolução vive"

“O Chavismo triunfou, a Revolução vive”

“O chavismo está vivo, está nas ruas e está triunfando. Esta é a verdade e aqui estamos de pé”, disse o mandatário. “O que esta pátria quer, com todo o seu amor, é construir-se em paz, com toda a sua independência”, disse em declarações ao canal Venezuelana de Televisão.

Resistência com Agência Venezuelana de Notícias

Compartilhe: