China tem o menor desemprego desde 2012

China

O mercado de trabalho da China está em constante expansão e tem o menor desemprego desde 2012, disse Ning Jizhe, chefe do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE).

A taxa nacional de desemprego foi de 4,83% em setembro, informou Ning, nesta terça-feira (10), em uma coletiva de imprensa.

Até agosto a China criou 9,74 milhões de postos de trabalho nas regiões urbanas, o que significa 88,5% da meta de 11 milhões para 2017.

De 2013 a 2016, a taxa de desemprego nas 31 principais cidades ficou estável em cerca de 5%.

O número dos trabalhadores migrantes que deixaram a cidade natal para trabalhar aumentou 2,1% no segundo trimestre de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado.

O desemprego medido pelo DNE com base em pesquisa é sempre maior que o desemprego registrado no Ministério dos Recursos Humanos e da Seguridade Social, que foi 3,95% no segundo trimestre.

Criar vagas para estabilizar o desemprego é prioridade para o governo porque milhões de trabalhadores são afetados pelas fusões e reorganizações em setores com excesso de capacidade.

A China tem como objetivo manter uma taxa de desemprego registrado nas áreas urbanas em 4,5% em 2017.

Fonte: Agência Xinhua

Temas: ,
Compartilhe: