Delcy Rodríguez: os jovens são a inspiração do Poder Constituinte

Venezuela

A juventude venezuelana é um dos motores fundamentais para a inspiração e ativação do poder original, indicou a presidente da Assembleia Nacional Constituinte (ANC), Delcy Rodríguez.

Na instalação do capítulo Juventude da ANC, nesta quarta-feira (30) em Caracas, ela ressaltou que a formação do corpo plenipotenciário é realizada em momentos de máxima ameaça para o país, a fim de preservar a República para as novas gerações.

“A Venezuela está passando por um momento de grandes ameaças imperiais, e quando o presidente Nicolás Maduro ativou o processo constituinte, ele pensou em paz, independência e soberania nacional, e ele fez isso para garantir o futuro da juventude”, disse ela.

Rodríguez afirmou que a nova Constituição que surgirá da Assembleia Constituinte terá um capítulo para a juventude em que seus direitos serão protegidos nas áreas de habitação, saúde, educação, emprego, entre outros.

Por esta razão, ela se referiu à necessidade de limpar o ódio na sociedade, instilada pelos setores da oposição, através do trabalho da Comissão da Verdade e da Lei contra o ódio.

“Não podemos entregar as crianças para que as levem à morte, temos que, com amor, removê-las da violência, dar-lhes as possibilidades do futuro, porque eles (a oposição) estão executando um plano para justificar a intervenção na Venezuela”, declarou a ex-chanceler.

Debates a partir de sábado

Ao longo do mês de setembro, a Assembleia Nacional Constituinte, Capítulo Juventude, promoverá um debate nacional para compilar as propostas que serão incluídas na nova Constituição, relacionadas aos direitos dos jovens.

As discussões começarão no próximo sábado e acontecerão em todas as paróquias e municípios, bem como em universidades e comunidades do país, disse o ministro da Juventude e Desportos, Pedro Infante.

Ela disse que em 1º de outubro – quando do aniversário da morte do líder socialista Robert Serra – serão entregues as sugestões do presidente da República, Nicolás Maduro.

Comissão da Verdade

“A Comissão da Verdade trabalhará em políticas voltadas diretamente para a juventude e o segundo instrumento principal é a Lei Contra o Ódio, que está disponível para o povo da Venezuela para curar as feridas da violência”, disse Delcy Rodríguez.

Rodríguez ratificou que a juventude “é a força motriz da sociedade, e é por isso que é pertinente e correto quando o presidente Nicolás Maduro diz: vamos escrever um capítulo de garantia para a juventude, para garantir a educação, o emprego, a habitação, a felicidade “.

Segundo a presidenta da ANC 33% dos membros da Assembleia têm menos de 35 anos. “Isso é a Assembleia Constituinte: paz, soberania e garantias do futuro para a juventude, em todos os sentidos”, disse ela.

Ela apontou que o setor juvenil “foi vítima de um plano macabro e perverso projetado com o selo imperial” para provocar atos violentos entre abril e julho deste ano e para justificar uma intervenção militar contra o país.

“Não podemos deixar esses jovens se perderem na violência. Eles levaram os jovens e as crianças de nossos bairros porque não se importam se eles morrem, porque eles não são seus filhos, eles são os pobres filhos do povo venezuelano. Temos que, com amor, removê-los da violência e dar-lhes possibilidades futuras “, disse ela.

Rodríguez instou os constituintes do setor juvenil a cuidar de jovens vulneráveis para incorporá-los aos planos da Revolução Bolivariana.

“Vocês são anjos de paz e amor para superar o pecado da violência”, disse ela.

Da mesma forma, o constituinte Diosdado Cabello convocou seus jovens colegas a trabalhar em unidade, sem abrigar ódio, tendo como objetivo refundar as bases políticas, econômicas e sociais da República. Ele pediu para prosseguir sem sectarismo e com total franqueza no processo de redação do novo texto constitucional.

Ele disse que é necessário continuar a luta pela Revolução Bolivariana para fortalecer as conquistas sociais e políticas alcançadas nos últimos 18 anos e consolidar o futuro do país.

Resistência com Agência Venezuelana de Notícias

Compartilhe: