Exército sírio rechaça ataques terroristas no norte de Hama

Síria

O Exército sírio rechaçou ataques de grupos terroristas do  chamado Estado Islâmico, no norte da província de Hama, na região central do país, segundo informaram fontes militares.

Os intensos combates se produziram no leste de Salamiyah, perto da cidade de Al Mafkar, onde nos primeiros instantes os extremistas armados conquistaram alguns avanços.

Encabeçados pela 11ª Divisão de Tanques e Forças de Defesa Nacional (FND), os ataques foram rechaçados e os terroristas se viram obrigados a retirar-se depois de perder um tanque e um veículo blindado, e tiveram ao menos 10 baixas.

As fontes indicaram que nas ações as forças governamentais sofreram três baixas mortais e meia dúzia de feridos frente a integrantes de um grupo de origem chechena vinculado ao autodenominado Estado Islâmico.

Por outro lado, dados divulgados nas redes sociais e outros meios, assinalaram que no leste de Idlib, província fronteiriça com Hama, no norte, e base da Junta para a Libertação do Levante, liderada pela antiga Frente As Nusra, estão ocorrendo duros enfrentamentos.

Nesse sentido, informou-se que efetivos da mencionada Junta atacaram uma base de Ahrar Al Sham, outro grupo armado oposicionista, na periferia da localidade de Tahtaya, onde prosseguem os combates.

Ambas as organizações terroristas se enfrentam  continuamente na própria cidade de Idlib e nas zonas que controlam nessa província de igual nome.

Resistência, com Prensa Latina

 

 

Compartilhe: