Líderes do PCCh visitam local de fundação do Partido e reafirmam “lealdade à aspiração original”

China

Em julho de 1921,13 pessoas se reuniram e criaram o Partido Comunista da China (PCCh) em um edifício de tijolo e madeira na área da concessão francesa de Shanghai. 

Noventa e seis anos mais tarde, a nova liderança do PCCh olhou para o passado revolucionário do Partido em busca de ímpeto para avanços futuros. 

Na manhã desta terça-feira (31), Xi Jinping, secretário-geral do Comitê Central do PCCh, liderou os outros seis membros do Comitê Permanente do Birô Político do 19º Comitê Central do PCCh para uma visita aos locais onde o primeiro Congresso Nacional do PCCh foi realizado. 

Xi disse que o objetivo da viagem é revisitar o passado do Partido – especialmente a história de sua fundação – para aprender dos predecessores nos tempos revolucionários e seu espírito nobre. 

A viagem também deve servir para relembrar a responsabilidade que a atual liderança tem agora, e fortalecer seu sentimento de deveres para cumprir os objetivos e missões anunciadas no 19º Congresso Nacional do PCCh, disse ele. 

“Apenas ao ficar leal a nossa aspiração original, manter nossa missão firmemente em mente e continuar a nos empenhar poderá o Partido ficar jovem e vivo”, disse Xi, também presidente chinês e presidente da Comissão Militar Central. 

“Desde que o Partido e todos os chineses se unam e trabalhem duro, o grande navio de revitalização nacional da nação chinesa chegará a seu destino glorioso”, disse. 

A primeira parada da visita de terça-feira foi Shanghai. 

Em 1921, os delegados que representaram cerca de 50 membros do PCCh no âmbito nacional convocaram o primeiro Congresso Nacional do PCCh no fim de julho em Shanghai, mas se deslocaram para um barco no Lago de Nanhu em Jiaxing, Província de Zhejiang, no Leste da China, devido à perseguição da polícia local. 

O local da reunião na Estrada de Xingye foi aberto ao público como um museu em 1952. 

Xi visitou o lugar três vezes quando trabalhou em Shanghai. 

Depois de visitar um quarto de reunião do primeiro Congresso Nacional do PCCh, Xi pediu esforços para proteger e fazer bom uso do lugar. 

Uma vez chamado pelo falecido líder chinês Mao Zedong de a “enfermaria de maternidade do PCCh”, o local também é a “casa espiritual” dos comunistas chineses, disse Xi. 

Eles também visitaram exibições sobre a fundação e o desenvolvimento do PCCh. 

“Não podemos esquecer a estrada que tomamos, não importa quão distante marchamos”, disse Xi. 

“Devemos relembrar frequentemente e compreender profundamente as relíquias culturais e cenas sobre a fundação do PCCh para decifrar a aspiração original do PCCh”, indicou. 

Xi também liderou Li Keqiang, Li Zhanshu, Wang Yang, Wang Huning, Zhao Leji e Han Zheng para repassar o juramento do PCCh na frente de uma enorme bandeira do PCCh e pediu a todos os membros do PCCh que mantenham firmemente em mente o juramento e mantenham o alinhamento a ele.

136719754_15095042505581n

Na tarde de terça-feira, a liderança do PCCh visitou Jiaxing, seguindo os passos de seus precursores. 

Os líderes visitaram uma réplica do barco em que os fundadores do PCCh convocaram sua reunião em 1921 – atualmente chamado de “Barco Vermelho” – e o Museu de Revolução do Lago de Nanhu depois de uma viagem de trem desde Shanghai. 

A construção do museu começou em 28 de junho de 2006, quando Xi colocou sua pedra fundamental como chefe do Partido em Zhejiang naquela época. A visita de terça-feira foi primeira de Xi ao museu desde que foi inaugurado em 2011. 

136719754_15095042507461nXi pediu aos membros do PCCh que implementem o espírito do Barco Vermelho na nova época, que destaca o trabalho pioneiro, persistência e dedicação. 

Em um discurso no fim da viagem de terça-feira, Xi chamou os lugares de Shanghai e Jiaxing de “lugares onde o sonho do PCCh partiu” e “a raiz do Partido”. 

“Nosso Partido nasceu aqui, nossa viagem começou aqui, e nosso governo de um país de todos data daqui”, disse. 

Nos últimos 96 anos, o PCCh manteve o povo chinês unido e o liderou para fazer grandes avanços, mas esse empreendimento não tem fim, assinalou. 

“A aspiração original dos membros do PCCh não deve mudar nunca”, afirmou, acrescentando que apenas deste modo pode o Partido continuar a se empenhar e ganhar os corações das pessoas. 

Observando que o 19º Congresso Nacional do PCCh definiu os objetivos e missões para o desenvolvimento do Partido e do país, Xi disse que todos os membros do PCCh devem observar o propósito fundamental do Partido de servir sinceramente às pessoas e trabalhar para melhorar a vida da população. 

Eles devem manter em mente o nobre ideal de Comunismo e o ideal compartilhado do socialismo com características chinesas, permanecer humildes e prudentes, e enfrentar dificuldades e sacrifícios, a fim de alcançar as duas Metas Centenárias e a grande revitalização da nação chinesa, disse Xi.

Fonte: Agência Xinhua

 

Compartilhe: