PCCh divulga resultados de trabalho e regulamento prévio a Congresso

Movimento Comunista

O Partido Comunista da China (PCCh) divulgou nesta segunda-feira (9) um documentário sobre o trabalho realizado durante os últimos cinco anos e uma compilação com seus textos regulamentares, como parte dos preparativos para seu 19º Congresso.

O audiovisual tem sete capítulos e mostra as conquistas sócio-econômicas atingidas sob a liderança do secretário geral dessa organização e presidente do país, Xi Jinping, desde que assumiu esses cargos em 2012.

Transmitido pelo canal CCTV, o documentário repassa as políticas implementadas durante esta etapa e o impacto positivo no crescimento do país e em seu crescente posicionamento mundial.

Este material se soma a outros recentes que também mostraram o avanço da China em setores como infraestrutura, inovação tecnológica, proteção do meio ambiente e abertura à comunidade internacional.

Além dos audiovisuais, o Comitê Central do PCCh publicou um volume com os 260 documentos regulamentares aprovados por essa força política entre outubro de 1949 e dezembro de 2016.

Segundo o influente jornal Global Times, esta é a primeira vez que o partido divulga um texto deste tipo desde a fundação da República Popular da China.

O principal objetivo dessa iniciativa é ajudar os militantes a estudar e se atualizar com as normas internas, bem como permitir ao público compreender os novos conceitos de governo, pensamento e estratégias do Comitê Central.

O PCCh realizará a partir do próximo dia 18 seu 19º Congresso e pré-selecionou 2.287 delegados em uma lista que inclui representantes de todos os setores da sociedade, com uma alta presença de mulheres e operários.

Segundo versões oficiais, todos os pré-selecionados são militantes com alta preparação político-ideológica, competentes e com reconhecimentos em sua trajetória trabalhista, mas deverão passar por uma prova final que confirmará sua participação neste grandioso evento.

O Partido Comunista da China realiza seu Congresso a cada cinco anos e nesta ocasião planeja introduzir mudanças nos estatutos para promover o desenvolvimento do socialismo com características chinesas.

Seu líder, Xi Jinping, analisou recentemente o projeto de emendas, que devem representar os novos conceitos da organização.

As modificações também pretendem que o partido seja mais vigoroso, forte e que isso lhe permita manter uma conexão firme com o povo.

O projeto de mudanças será apresentado perante a sétima sessão plenária do XVIII Comitê Central do PCCh, que acontecerá em 11 de outubro.

Os estatutos desse partido foram modificados pela última vez em 2012, ano do congresso anterior e foi eleita uma nova geração de políticos chineses liderada por Xi.

Fonte: Prensa Latina

Compartilhe: