Presidente chinês pede ação para construir um país socialista moderno

China

Em discurso pronunciado no fim de julho em um seminário de alto nível, o presidente chinês, Xi Jinping, pediu por ações para atingir as duas metas centenárias do país e construir um país socialista moderno.
O discurso inclui novos requisitos e arranjos para obter a primeira meta centenária do país: completar a construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os sentidos até 2020 para comemorar o centenário do Partido Comunista da China (PCC).

No discurso, Xi também ofereceu ideias para obter a segunda meta centenária: construir um país socialista moderno que seja próspero, forte, democrático, culturalmente avançado e harmonioso antes de meados do século 21, quando a República Popular da China terá 100 anos.

Desde épocas antigas, a construção de uma sociedade moderadamente próspera, ou Xiaokang, é o ideal do povo chinês.

No início da reforma e abertura no fim dos 1970, o falecido líder Deng Xiaoping utilizou pela primeira vez o conceito de moderadamente próspera para descrever uma sociedade moderna com características chinesas.

Desde o 18º Congresso Nacional do PCC, o Comitê Central do PCC, com Xi como seu núcleo, adotou uma abordagem geral para o progresso econômico, político, cultural, social e ecológico e impulsionou as “Quatro Abrangentes”, uma estratégia de quatro pontos encaminhada a criar uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos, aprofundar a reforma, impulsionar o Estado de direito e fortalecer a governança do Partido.

O PCC implementou com firmeza o conceito de desenvolvimento e impulsionou o país para proceder de maneira mais justa e mais sustentável com melhor qualidade e mais eficiência.

Nos últimos cinco anos, o PCC aprofundou as reformas, melhorou o Estado de direito, impulsionou a construção de uma sociedade amigável com o meio ambiente e modernizou a defesa nacional.

O Partido também fortaleceu a disciplina, e a luta contra a corrupção ganhou uma enorme força.

Com os esforços do Partido para combater a pobreza e a melhorar o nível de vida da população, a causa nacional foi promovida e o povo chinês tem mais confiança em obter uma sociedade moderadamente próspera.

Mas a tarefa é difícil e ainda existem riscos e desafios.

Para atingir sua meta, a China deve realizar esforços completos, sobretudo para evitar e desativar os principais riscos, aliviar a pobreza e prevenir e controlar a poluição.

A China continuará aprofundando a reforma estrutural no lado da oferta para impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável e saudável, e o êxito na construção de uma sociedade moderadamente próspera deve ser reconhecido pelo povo e deve tolerar o teste da história.

Depois de concluir a construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os sentidos em 2020, a China dará passo à segunda fase de suas duas metas centenárias e iniciará a viagem para a construção de um país socialista moderno.

Neste momento importante no que a China está quase obtendo a primeira meta centenária e partirá para a segunda, o povo chinês nunca esquecerá a declaração de Xi: “A esperança do povo por uma vida melhor sempre será nossa meta”.

Fonte: Agência Xinhua

Compartilhe: