Venezuela anuncia convocação de Cúpula Mundial de Solidariedade

Internacionalismo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, convocou os povos do mundo a uma grande Cúpula Mundial de Solidariedade com o povo da Venezuela, como manifestação de rechaço às ameaças imperiais e aos ataques da direita internacional contra a soberania da nação.

“Essa Cúpula Mundial vai ter um conjunto de eventos preparatórios em vários países que começam já a partir desta semana. Toda esta jornada de solidariedade deve fortalecer a mobilização da opinião mundial em defesa da verdade da Venezuela”, sublinhou Maduro em uma entrevista que a José Vicente Rangel, em seu programa “José Vicente Hoy”, transmitida pela Televen.

Nesse sentido, explicou que a importância do evento surge depois da campanha das corporações de mídia contra a soberania e o direito à autodeterminação da Venezuela. “A campanha midiática mundial é o mundo ao revés”, alertou.

O líder bolivariano indicou que para definir as atividades desta Cúpula, manteve encontros com o chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, a presidenta da Assembleia Nacional Constituinte, Delcy Rodríguez, o ministro de Comunicação e Informação, Ernesto Villegas e o constituinte Adán Chávez.

Resistência, com agências

Compartilhe: