Xi Jinping sobre a relação China-Vietnã: “Amizade criada com sangue”

Geopolítica

O presidente chinês Xi Jinping fez um resumo nesta quinta-feira (9) da amizade China-Vietnã, “criada com sangue” pelas antigas gerações de líderes e pelos dois povos, pedindo a ambos os lados que se esforcem ainda mais para promover os laços bilaterais. 

Xi fez as observações em um artigo publicado no Nhan Dan, o jornal oficial do Partido Comunista do Vietnã. 

O líder chinês começa nesta sexta-feira (10) uma visita de Estado ao Vietnã onde também participará da 25ª Reunião de Líderes Econômicos da Cooperação Econômica da Ásia Pacífico (APEC, em inglês), marcada para 10 e 11 de novembro na cidade vietnamita de Da Nang. 

Ao descrever os dois países como “vizinhos próximos conectados por montanhas e rios”, Xi disse que a China e o Vietnã têm uma longa história de intercâmbio e aprendizagem mútua que data de longo tempo. 

Na história moderna, os dois povos combateram ombro a ombro e criaram um laço especial de “camaradagem + irmandade” em sua luta pela independência e libertação, indicou o artigo. 

“Na nova época, nossos dois povos trabalharam estreitamente para buscar a reforma e renovação, e avançar na causa do socialismo. Nós exploramos vias de desenvolvimento socialista adequadas para nossas próprias condições nacionais, fizemos milagres nos nossos respectivos desenvolvimentos e alcançamos um progresso notável nos laços bilaterais”, disse Xi. 

Observando que os dois lados enfrentam muitos novos problemas e desafios, idênticos ou semelhantes, em meio à evolução da situação mundial e regional, Xi disse que a China e o Vietnã precisam, mais do que nunca, trabalhar juntos na busca dos seus sonhos de força e prosperidade nacionais. 

O líder chinês pediu pelo aprofundamento da cooperação e exploração de novas perspectivas para “nossos interesses interconectados”. 

Os dois lados precisam promover a complementaridade de suas estratégias de desenvolvimento e trabalhar pelo progresso substantivo da cooperação bilateral em importantes áreas, como infraestrutura, comércio, capacidade industrial, zonas de cooperação econômica transfronteiriça e agricultura, disse Xi. 

Ele também pediu aos dois países que “se comprometam a buscar uma solução fundamental e durável para seus assuntos marítimos aceitáveis para ambos os lados por consulta amistosa”. 

“Nós precisamos implementar total e eficazmente a Declaração sobre a Conduta das Partes no Mar do Sul da China, avançar ativamente a consulta em um Código de Conduta no Mar do Sul da China e defender juntos a paz e a estabilidade lá”, disse. 

O presidente chinês também desejou ao Vietnã uma organização de grande sucesso para a reunião da APEC, dizendo que a China espera uma “reunião altamente produtiva que contribua para o desenvolvimento e prosperidade comuns na Ásia-Pacífico”.

Fonte: Agência Xinhua 

 

Compartilhe: