Começa em Havana reunião do Conselho Político da ALBA-TCP

América Latina

A 16ª reunião do Conselho Político da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América -Tratado de Comércio dos Povos (ALBA-CP) tem início nesta quinta-feira (14) em Havana, com o objetivo de fortalecer sua unidade e capacidade de concertação, informou o jornal Granma.
A reunião da ALBA-TCP deixará para trás tudo o que divide a região, diz o jornal do PC de Cuba. O jornal sublinha ainda que a integração  latino-americana e caribenha é hoje mais necessária do que nunca.
Essa integração será uma das directrizes do 16º Conselho Político da ALBA-TCP de Havana.
O Granma eslarece que a ALBA-TCP continuará pelo caminho traçado pelos falecidos presidentes de Cuba, Fidel Castro, e da Venezuela, Hugo Chávez, com a finalidade de defender a pátria americana e nesse sentido serão reafirmados os postulados da América Latina e Caribe como Zona de Paz.
O jornal informa também que o Consejo Político respaldará a soberania e a autodeterminação da Venezuela, diante dos constantes ataques políticos e midiáticos da oposição.
O Granma anuncia também que tem lugar nesta quinta-feira a 13ª reuinião da Comissão Intergovernamental entre Cuba e Venezuela, na qual se prevê passar em revista a colaboração bilateral deste ano, e traçar as diretrizes que a guiarão em 2018.
Entre os temas que as duas partes abordarão estão o da saúde e a participação de Cuba em missões da nação bolivariana.
Essa Comissão Intergovernamental realizou no ano passado em Caracas um encontro no qual foram assinados vários acordos em matéria econômica, saúde, cultura e esporte, e se estabeleceu que a racionalidade e a eficiência seriam os princípios fundamentais do vínculo binacional durante 2017.
O jornal Granma recorda que ‘a vocação solidária e o caráter irreversível da colaboração entre Cuba e Venezuela se mantém por quase 17 anos no  marco do Convênio Integral de Cooperação, criado e asinado pelos comandantes Hugo Chávez e Fidel Castro, em 30 de outubre do ano 2000’.
Resistência, com Prensa Latina
Compartilhe: